1T10
Diminuir Fonte Aumentar Fonte VoltarVoltar ImprimirImprimir EmailEmail PDF DownloadDownload Compartilhe
A MMX Mineração e Metálicos S.A. (Bovespa: MMXM3) anuncia hoje seus resultados referentes ao primeiro trimestre do ano de 2010. As informações financeiras e operacionais a seguir são apresentadas em bases consolidadas, de acordo com Legislação Societária Brasileira e em mil Reais, exceto quando indicado o contrário.
  • O primeiro trimestre de 2010 foi marcado pela confirmação da recuperação dos mercados mundiais da crise econômico financeira. O crescente fluxo de capital para as economias emergentes, assim como a expansão do crédito nos países mais afetados pela crise, comprovaram a recuperação não só dos mercados de capitais como também da indústria. Essa retomada de investimentos permitiu um crescimento do PIB global no primeiro trimestre a um ritmo superior a 5%.

  • Assim como nos dois trimestres anteriores, a recuperação do mercado de minério de ferro foi liderada pelo aumento do consumo na China e pela retomada da produção nos altos fornos na Europa e no Japão. Apesar de ainda não terem atingido a capacidade de produção anterior a crise, esta retomada causou um forte impacto na demanda por minério de ferro que superou a oferta e causou uma drástica mudança na percepção de valor do minério no mercado.

  • As variações na dinâmica de mercado, durante e após a crise mundial, levaram a mudança na mecânica de formação de preços. Com a forte demanda pelo minério afetando diretamente os preços nos mercados spot e a clara lembrança das dificuldades de se confirmar as quantidades de contrato em 2009, a necessidade de se criar um novo mecanismo de precificação do minério de ferro tornou-se cada vez mais clara. Surgiu, portanto, o novo critério de preços trimestral baseado em índices acessíveis diariamente e que refletirão mais claramente os reais preços de mercado.

  • Mesmo sem a definição dos novos preços (que só veio a se confirmar próximo ao fim do primeiro trimestre), as exportações brasileiras de minério de ferro voltaram aos níveis anteriores a crise assim como o mercado interno retomou as taxas de utilização pré-crise. Os resultados destes novos preços só começarão a surgir a partir do segundo trimestre de 2010.

  • Tendo em vista os atuais padrões de consumo do minério de ferro nos mercados interno e externo e a oferta do produto ao redor do mundo, a expectativa é de que o preço ainda sofra aumentos nos próximos trimestres devido a incapacidade das mineradoras de atender toda a demanda do mercado no curto e médio prazo. Esta forte demanda será suportada principalmente pela ampliação do consumo interno nas economias emergentes como China, Índia e Brasil e, neste cenário, acreditamos que a MMX está bem posicionada para se beneficiar da nova realidade do mercado.
Fale com RI
Fale com a MMX e tire suas dúvidas ou envie sugestões. Clique aqui
Alertas RI
Receba alertas da MMX e mantenha-se informado.
Copyright © 2010 MMX
Todos os direitos reservados
Política de Privacidade | Termos de Uso
RIWeb