Perguntas Mais Frequentes
Diminuir Fonte Aumentar Fonte VoltarVoltar ImprimirImprimir EmailEmail PDF DownloadDownload Compartilhe
  • 1) Onde são negociadas as ações da MMX?

    As ações da MMX estão registradas para negociação na BOVESPA sob o código “MMXM3” e “MMXM3F” para mercado fracionário, admitidas à negociação no Novo Mercado, nível mais elevado de práticas diferenciadas de governança corporativa. A MMX também conta com o programa de GDR (Global Depository Receipts) sob o código de “MMXMY” no mercado de balcão americano (Nível I – OTC). Cada ação ordinária equivale a 1 GDRs.
     
  • 2) Como são negociadas as ações da MMX?

    As ações da MMX são negociadas sob o código MMXM3 e “MMXM3F” para mercado fracionário.

    A Companhia realizou uma redução do preço unitário de suas ações através de desdobramentos periódicos, conforme o cronograma descrito na tabela abaixo:

    Período decorrido após a Publicação do Anúncio de Início da Oferta Pública Inicial Desdobramentos Eventos
    25 de Janeiro de 2007 1 Ação nova para cada Ação existente A Mina Corumbá terá histórico de operação
    23 de julho de 2007 1 Ação nova para cada Ação existente A Usina de Ferro Gusa de Corumbá terá histórico de operação
    7 de Abril de 2008 20 Ações nova para cada Ação existente  

     
  • 3) Quais os direitos, vantagens e restrições das ações ordinárias da MMX?

    As ações ordinárias da Companhia (MMXM3) garantem aos seus titulares todos os direitos nos termos previstos no Estatuto Social da MMX, na Lei das Sociedades por Ações e no Regulamento do Novo Mercado, dentre os quais incluem-se os seguintes:
     
    • direito de voto nas assembléias gerais da Companhia, sendo que a cada ação ordinária corresponderá um voto;

    • direito ao dividendo obrigatório, em cada exercício social, não inferior a 25% do lucro líquido do respectivo exercício, ajustado nos termos do artigo 202 da Lei das Sociedades por Ações;

    • direito de alienar as ações ordinárias, nas mesmas condições asseguradas a um eventual acionista controlador, no caso de alienação, direta ou indireta, a título oneroso do controle da Companhia, tanto por meio de uma única operação, como por meio de operações sucessivas (tag-along);

    • direito de alienar as ações ordinárias em oferta pública a ser realizada pelo acionista controlador ou pela Companhia, em caso de cancelamento do registro de companhia aberta ou de cancelamento de listagem das ações ordinárias de emissão da Companhia no Novo Mercado, no mínimo pelo seu valor econômico, apurado mediante laudo de avaliação elaborado por empresa especializada e independente. Na hipótese de haver Controle Difuso:
     
    (i) em caso de cancelamento de registro de companhia aberta, Companhia somente poderá adquirir as ações de titularidade dos acionistas que tenham votado a favor do cancelamento de registro após ter adquirido as ações dos demais acionistas que não tenham votado a favor e que tenham aceitado a referida oferta pública; e (ii) em caso de saída da Companhia do Novo Mercado, seja por registro para negociação das ações fora do Novo Mercado, seja por reorganização societária, a oferta pública deverá ser efetivada pelos acionistas que tenham votado a favor da respectiva deliberação em Assembléia Geral ; e

    • direito ao recebimento de dividendos integrais e demais distribuições que vierem a ser declarados pela Companhia e todos os demais benefícios conferidos aos titulares das ações ordinárias de emissão da Companhia.
     
  • 4) Como e onde a MMX divulga suas informações?

    Todos os fatos relevantes, anúncios de resultado e demais comunicados ao mercado da MMX são divulgados de maneira simultânea na CVM/Bovespa e na área de relações com investidores do website da Companhia (www.mmx.com.br), além de posteriormente encaminhados por correio eletrônico às pessoas que se cadastram para receber tais informações. Para se cadastrar, favor clicar aqui.

    As demonstrações financeiras completas são publicadas anualmente nos jornais Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro e Valor Econômico. Demonstrações financeiras trimestrais, press releases, apresentações, fatos relevantes e avisos aos acionistas estão disponíveis na área de relações com investidores do website da MMX (www.mmx.com.br).

    Outras informações sobre a Companhia também podem ser obtidas nos sites da Bolsa de Valores de São Paulo (www.bovespa.com.br) e Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br).

     

  • 5) Como investir em ações?

    Antes de procurar uma Corretora de Valores, sugere-se que você estude o assunto no site da Bovespa. Contribuindo para o aprendizado do iniciante, a Bolsa de Valores de São Paulo elaborou um Curso Básico sobre o Mercado de Ações. São três módulos distintos, que ainda trazem exercícios para você testar seus conhecimentos. Clique nos links abaixo e confira:

    Curso Básico "Mercado de Ações"
    Curso Básico "Mercado a Vista"
    Curso Básico "Mercado de Opções"

    Depois disso, o próximo passo é você procurar uma Corretora de Valores. As Corretoras e outros intermediários financeiros dispõem de profissionais voltados à análise de mercado, de setores e de companhias, e com eles você poderá se informar sobre o momento certo de comprar e vender determinadas ações para obter melhores resultados.

    Você também pode negociar ações via Internet. Para tanto, é necessário que você seja cliente de uma Corretora da Bovespa que disponha do sistema Home Broker, o qual permite a negociação de ações via Internet. Confira a lista das Corretoras que oferecem Home Broker.
  • 6) Como o acionista pode verificar a sua posição acionária?

    O Banco Itaú, banco custodiante das ações da MMX, remete ao endereço do acionista o extrato de sua posição acionária, quando há movimentação de ações, quando há pagamento de dividendos / juros sobre o capital próprio e para fins de declaração de imposto de renda. Por isso, é fundamental que o acionista esteja com seu endereço atualizado nos cadastros do custodiante.

    O acionista pode inclusive, a qualquer momento, comparecer a uma agência do Itaú e solicitar um extrato de sua posição acionária na MMX.

    Os acionistas cuja custódia seja realizada pela CBLC - Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia devem consultar sua posição nesta instituição junto à corretora de valores através da qual os investimentos foram realizados.
  • 7) Quem o acionista deve contatar em caso de mudança de endereço?

    A alteração de dados cadastrais pode ser efetuada em qualquer agência do Banco Itaú. Para efetuá-la, o acionista deve apresentar cópias autenticadas de seus RG, CPF e comprovante de residência.

    Os acionistas cuja custódia é realizada pela Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia - CBLC devem contatar a corretora de valores através da qual os investimentos foram realizados para atualização de seus dados cadastrais.
     
  • 8) Quantas ações a MMX tem?

    R: Capital social da MMX Mineração e Metálicos S.A. é composto por 619.589.792 ações ordinárias e atualmente o Free Float é de aproximadamente 28%.
     
  • 9) Como posso contatar a Área de Relações com Investidores?


    MMX Mineração e Metálicos S.A.
    Praia do Flamengo, 66, Bloco A, 10º Andar
    Flamengo – Rio de Janeiro – Brasil
    CEP: 22210-903
    Tel.: (0xx21) 2555-5557

    Fax: (0xx21) 2555-4011
    www.mmx.com.br

    Guilherme Escalhão
    Diretor Presidente e de Relações com Investidores

     

    Adriana Marques
    Gerente de Relações com Investidores

    Beatriz Yoshinaga
    Analista de Relações com Investidores

    E-mail: ri@mmx.com.br


     
  • 10) Por que a MMX utiliza EBITDA e EBITDA Ajustado?

    O EBITDA reflete o lucro antes das receitas e despesas financeiras líquidas, do imposto de renda e da contribuição social, das depreciações e amortizações. O EBITDA é utilizado como uma medida de desempenho pela administração da Companhia e não é uma medida adotada pelas Práticas Contábeis Brasileiras ou Americanas, não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado como um substituto para o lucro líquido, como indicador do desempenho operacional da MMX ou como substituto para o fluxo de caixa, nem tampouco como indicador de liquidez.

    A administração da MMX acredita que o EBITDA é uma medida prática para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA não é uma medida estabelecida de acordo com os Princípios Contábeis Brasileiros (Legislação Societária ou BR GAAP) ou Princípios Contábeis Norte-Americanos (US GAAP) e pode ser definido e calculado de maneira diversa por outras companhias.
     
  • 11) Como posso negociar GDRs do Brasil (Global Depository Receipts)?

    É necessário que o investidor tenha uma conta em uma corretora norte-americana e faça uma ordem a esta corretora, tal qual é feito com a negociação de ações no Brasil. Alternativamente, existem instituições brasileiras (bancos, corretoras) que possuem parceria com instituições no exterior e podem realizar os serviços de corretagem, podendo também ser utilizadas com via de acesso para colocação da ordem. Assim, basta que uma ordem de compra seja dada para uma corretora americana, direta ou indiretamente. A instituição depositária é o Bank of New York Mellon.
  • 12) Qual a vantagem ou desvantagem de se negociar GDR ao invés de ações?

    A negociação de GDRs configura uma alternativa para investidores estrangeiros que queriam negociar ações da Companhia, mas não possuem conta em corretora brasileira. Com a vantagem de o investidor estrangeiro receber os possíveis dividendos em dólares.
Fale com RI
Fale com a MMX e tire suas dúvidas ou envie sugestões. Clique aqui
Alertas RI
Receba alertas da MMX e mantenha-se informado.
Copyright © 2010 MMX
Todos os direitos reservados
Política de Privacidade | Termos de Uso
RIWeb